3 Comentários

  1. Leandro

    Ótimo artigo. Estou trabalhando esta tese jurídica e utilizando o site de calculo http://www.paguemenosenergia.com.br, para conseguir quantificar o valor a ser devolvido, que foi indevidamente cobrado. O site também faz simulação. Acessem e tirem suas duvidas sobre o assunto, e entrem em contato, para maiores informações.

    Responder
  2. Gilcélio Nogueira da Silva

    Não é comentário e sim uma pergunta. Sou do interior do Est. do Rio. Peticionei várias ações contra a fornecedora de energia elétrica. Gostaria de saber ser o material de vcs. servirá para contestações, réplicas, recursos,etc. para o Estado do Rio? Tenho interesse no material.
    Obrigado.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *